Posts Em Destaque

Citricultura brasileira é a maior do mundo


O Dia do Citricultor é comemorado todos os anos no dia 8 de junho. Mas você sabia que a citricultura brasileira é a maior do mundo?

Ainda na década de 1980, o Brasil superou os Estados Unidos e se tornou o maior produtor de laranja do mundo. O posto é mantido até hoje: a safra brasileira em 2016/2017 foi de 245 milhões de caixas, contra 67 milhões de caixas dos Estados Unidos, segundo maior produtor mundial. A estimativa para a safra do parque citrícola de São Paulo e Minas Gerais – maior centro produtor do país – para 2017/2018 é ainda mais alta, de 364 milhões de caixas, a melhor dos últimos cinco anos.

O Brasil é responsável ainda por produzir 61% de todo o suco de laranja consumido no planeta.

Os números brasileiros não são enormes apenas quando se fala de produção. O setor citrícola movimenta bilhões de dólares todos os anos e gera milhares de empregos diretos e indiretos.

SP se destaca na produção de laranja e geração de empregos

A principal região produtora de laranja no Brasil é o cinturão citrícola de São Paulo e Triângulo/Sudoeste de Minas Gerais, composto por 349 municípios. Anualmente, são mais de US$ 14,5 bilhões movimentados, gerando US$ 6,5 bilhões de PIB (Produto Interno Bruto), US$ 180 milhões em arrecadação de impostos e 200 mil empregos diretos e indiretos (Markestrat e CitrusBR).

Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), ligado ao Ministério do Trabalho, nenhum outro segmento do agronegócio empregou mais do que a laranja no estado de São Paulo em 2016. A citricultura gera um emprego a cada nove hectares. A cana-de-açúcar precisa de 80 hectares para gerar um emprego.

Fonte: g1.globo.com

Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags