Posts Em Destaque

Mimos elevam vendas


Quem ama seu bichinho de estimação quer dar a ele conforto e deixá-lo mais bonito e feliz. É por conta disso que a procura por acessórios e produtos de higiene cresce a olhos vistos. Especializada no canal autosserviço, a Crivialli estima que as vendas desses itens cresceram a uma média anual de 30% a 40% nos últimos cinco anos.


Segundo a empresa, os carros-chefes do segmento são os shampoos. “Na nossa linha, representam 24,5% do faturamento”, aponta Giovanni Cantagalli, coordenador de merchandising da fabricante Crivialli. Guloseimas como palitinhos e ossinhos também têm boa saída. Na sequência vêm eliminadores de odor, coleiras comuns, sabonetes, loção desodorante, guias e coleiras peitorais.


Com duas lojas em Campinas, o supermercado Dalben incluiu na seção de pet shop quatro módulos a mais de gôndolas – com cerca de 1,30 metro cada – há dois anos. O objetivo era acomodar principalmente os acessórios e itens de limpeza. Segundo Luís Henrique Acqua, gerente da loja do bairro de Taquaral, os artigos puxam vendas da seção, cujo crescimento médio tem sido em torno de 20% a 30% ao ano.


Outra vantagem do segmento é proporcionar lucro superior ao dos alimentos. No Dalben, a margem líquida chega a 50% em alguns produtos, contra 15% dos alimentos. Já na rede Enxuto, também de Campinas, a média fica em cerca de 12,5% para os artigos de higiene e limpeza e em 7,3% para os demais acessórios, enquanto as rações permitem lucro de 4,2%.


Gostou? Acompanhe nossas dicas e saiba mais!

Fonte: sm.com.br

Posts Recentes