Posts Em Destaque

Tipos de coleira para cachorro: saiba mais sobre cada uma delas


Para muita gente, comprar acessórios para o filho de quatro patas pode ser tão ou mais prazeroso do que fazer compras para si próprio. E não é para menos! Hoje em dia, com a crescente oferta dos mais variados produtos para animais de estimação, ir às compras com o pet é quase como ir a uma loja de departamento, pois já existem diversos acessórios e tipos de coleira para cachorro.

Desejos de consumo à parte, ter mais opções normalmente significa ter mais dúvidas. E no caso da coleira, também vale lembrar que, mais do que bonita, é importante que ela seja funcional. Ainda não sabe qual escolher? Confira um guia com as melhores opções para você escolher.

Principais tipos de coleira para cachorro

Escolher a estampa que mais traduz a personalidade do nosso amigo pode ser muito divertido. No entanto, antes de chegar nessa etapa, é preciso decidir o tipo de coleira mais adequado, de acordo com o peso, tamanho, força e comportamento do pet. Veja abaixo os principais tipos de coleira para cachorro mais conhecidos e para quais casos eles são mais recomendados:

Coleira tradicional plana: é a famosa coleira em formato de tira que vai em volta do pescoço do cachorro. Indicada para uso em casa, no dia a dia, ela serve também para colocar a plaquinha de identificação. Esse tipo de coleira também pode ser usado com a guia em passeios, mas somente com pets tranquilos e que não puxam.

Coleira de liberação rápida: são coleiras que possuem fechos mais rápidos e práticos no lugar da tradicional fivela. Como podem se soltar com mais facilidade, proporcionam um menor controle do animal. Por isso, o melhor é que sejam usadas somente em áreas com maior segurança, longe de veículos, por exemplo.

Enforcador: frequentemente indicado por adestradores adeptos do método tradicional, tem a vantagem de garantir um controle maior do pet, sendo mais recomendado para cães agitados, que arrastam seus tutores durante o passeio. Seu uso, no entanto, deve ser feito somente na hora do passeio e sempre com muita cautela, visto que, dependendo da força e da tensão exercidas pelo cão, ela pode vir a machucá-lo.

Cabresto: é aquela coleira que dá a volta tanto no pescoço quanto na região do focinho. É bastante utilizada em cachorros em adestramento que precisam de uma atenção maior em relação a seu comportamento, como agitação e o hábito de pular nas pessoas. A desvantagem desse tipo de coleira é que muitos cães demoram para se adaptar a ele.

Peitoral: uma das queridinhas do momento, pode ser do tipo coleira mesmo ou colete. Embora seja mais usada por cães de pequeno porte, é recomendada para todos os cachorros, independente de seu porte físico, e garante muito conforto ao pet, principalmente para aqueles que costumam puxar. Bastante segura, ela deve ser comprada no tamanho certo para evitar que o cão se solte.

Fonte: Petz

Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags